quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

NATAL







Leio o teu nome
na página da noite:
Menino Deus...
E fico a meditar
no milagre dobrado
de ser Deus e menino.
Em Deus não acredito.
Mas de ti como posso duvidar?
Todos os dias nascem
meninos pobres em currais de gado,
crianças que são ânsias alargadas
de horizontes pequenos.
Humanas alvoradas...
a divindade é o menos.





Miguel Torga
Foto: autoria desconhecida

5 comentários:

A.S. disse...

Todos querem viver divinamente no topo da montanha... mas toda a felicidade está durante a subida.

Beijos!...
AL

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, tem um Feliz Natal e um Novo Ano cheio de coisas boas, para ti e para a tua família.
Com muitas prendas, principalmente afectivas.
Beijo.

Janaina Cruz disse...

Que a felicidade seja coisa contante em nossas vidas.

Amei teu blog, sigo-o com prazer.

Abraços

Rabe disse...

Meninos nascem sonhadores, em que campo for. Seja nas duras campinas, ou nos lodos manguezais, seja nas duras esquinas ou nas largas avenidas do moderno condomínio. Concordo com a poesia. A divindade, quem é afinal?

Katia disse...

Querida prima ,obrigada pelo teu comentário no meu blog, eu pinto tudo ,tela,madeira,papel,tecido,sei lá se um dia não pinto o corpo de alguém.Estou sempre vendo as novidades do teu blog,já vi que estás seguindo o blog do Vieira Calado tb grande poeta,eu lhe indiquei que desse uma olhada no teu blog.Bjs e muita inspiração.