sexta-feira, 22 de março de 2013






                                                                 para Elizabeth F. de Oliveira


As tuas ancas são uma pequena embarcação
pronta a seguir viagem.
Não esperes que o vento favorável
manobre o teu veleiro.
As vagas atravessam-te os ossos.
E, noite dentro, a estrela polar
brilha na proa azul dos teus olhos.




Graça Pires 
www.ortografiadoolhar.blogspot.com
Pintura de Salvador Dali




Este poema foi um presente de aniversário da minha mais do que querida amiga Graça Pires, renomada poeta portuguesa, cujos versos me enchem de perplexidade. 
Graça, minha querida, o meu apreço, o meu afeto e a minha admiração! 
Agradeço esse presente inédito e eterno. 



sexta-feira, 8 de março de 2013

SOL E LUA









Somos sol e lua
perdidos de solidão
em um céu inseguro,
cingido de ocasos.
Somos lua e sol
suspensos na imensidão,
em lados opostos, no escuro
dessa análoga saudade.
Somos noite e dia
no reverso da mesma agonia,
esperando o céu se firmar
ansiando um eclipse de poesia
para sermos enfim um par.





Elizabeth F. de Oliveira
Foto: autoria desconhecida