sexta-feira, 25 de abril de 2008

O Violino


Para Cássia



O violino
É meu instrumento predileto,
É por ele que dissemino
Todo o meu afeto;
É com ele que afino
As notas da minha existência
E já escrevo com veemência
Na partitura da vida.
Não importa se a clave
É de Sol ou de Fa,
Sempre vai ter lugar
Para o que tiver bom som.
Quando estiver incorreto,
Eu corrijo o tom
Dos bemóis e sustenidos da vida,
Que um dia foi bem mais dolorida
Por não estar no compasso correto.
Ao tocar a primeira canção,
Transformei meu sonho em realidade
E tornei-me composição
Para minha perplexidade.









Elizabeth F. de Oliveira

4 comentários:

Dumuro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Cássia Lopes disse...

Essa me fez chorar!Q coisa mais linda!
Eu não mereço uma coisa tão linda!
Fiquei muda, estarrecida!hehehe
Maravilhosamente linda!
Obrigada por tudo! A minha vida faz sentido, pq posso compartilha-la com pessoas tão especiais!
Obrigada Mamãe! =)
=**

Graça Pires disse...

Um violino: "É com ele que afino
As notas da minha existência".
A música é sempre uma forma sublime de encontrar o caminho certo. Um beijo Elizabeth.

Anônimo disse...

venha participar em www.luso-poemas.net